O Primogênito Brujah

Reis filósofos na antiguidade, os Brujah atualmente são mais adequadamente descritos como visionários violentos e rebeldes vingativos. Impelidos pelo sonho tolo de podermos viver em paz com o nosso rebanho humano, os Brujah trouxeram notoriedade para a cidade de Cartago. A derrota da cidade nas mãos de Roma e do meu próprio clã moldou a história. E também fez dos Brujah o que eles são hoje.

A cada cem anos ou mais, a Ralé adere a revoltas mortais, sugando rios de sangue nobre enquanto levam as massas a um frenesi revolucionário. Sim, muitos deles se importam profundamente com o bem-estar dos oprimidos, mas, no fim, suas soluções são contaminadas pela sua raiva e falta de autocontrole.

Embora a maioria dos Brujah tenha se juntado aos Anarquistas na Primeira Convenção de Praga, como já era de se esperar, os poucos que mantiveram a lealdade são nossos soldados mais ferrenhos. Kirill, o Xerife e Algoz de longa data nascido no século XIV na pele de um guerreiro boêmio, é o melhor exemplo disso.

Desiludido com os horrores da Grande Guerra e da Revolução de Outubro, Kirill jurou suas presas e lâmina ao Príncipe da cidade onde morava, juramento que continua a cumprir. Se eu precisar de um conspirador, é Maia a quem eu recorro. Se eu precisar que um fórum seja reduzido a cinzas ou que alguém faça um limpa em um domínio Anarquista, é Kirill que eu chamo.

Kirill é um excelente exemplo do que eu chamo de "Vândalo". Suas táticas me lembram dos métodos usados pelos bárbaros para dispersar e confundir as patrulhas romanas. Sempre o primeiro a entrar na luta, o Vândalo colide com o chão com um impacto sísmico, atordoando coteries inteiras de defensores. Infelizmente, a maioria dos Vândalos é Anarquista, e, como Kirill, eles aprenderam a se alimentar do sangue da briga para se curar no meio da luta. Em batalha, é melhor manter a distância desses combatentes, mas isso não é tão fácil quanto parece.

No fim da última convenção, eu estava perseguindo um grupo de Anarquistas americanos. Um deles, uma mulher realmente "Brutal", virou-se de repente e usou sua força e velocidade sobrenaturais para arremessar um monte de lixo e entulho contra nós. As balas dos meus guardas ricochetearam na rua demolida, e eu tive que parar abruptamente para não ser atingido por um poste de luz que tombava. A Brutal ganhou tempo suficiente para recuperar o fôlego e nos atacar. Tivemos que juntar nossos poderes para finalmente vencê-la. Porém, enquanto ela era reduzida a cinzas, seus aliados conseguiram fugir.

Tanto os Vândalos quanto os Brutais usam sua força imensa para mergulhar de cabeça no combate. Eles atacam de forma rápida e vigorosa. Felizmente, eu sou capaz de fazer a minha pele ficar dura como pedra para combater os seus ataques. Infelizmente, a maioria dos meus súditos não tem a mesma habilidade.

Enquanto escrevo estas palavras, sinto uma profunda gratidão por ter Kirill ao meu lado, pois os Anarquistas de Praga têm o devido medo do ódio que o Brujah sente por eles. Isso os mantém afastados. Mas o simples fato de que os Brujah rebeldes superam os fiéis em uma proporção de 6 para 1 continua sendo um dos maiores desafios do meu governo.

– Fonte: "Reflexões do Príncipe Markus; A Ameaça dos Prometianos"

Participe da Caçada

Entre no jogo

É necessário ter uma conexão de internet estável e contas da Sharkmob e do Steam. Restrições etárias se aplicam. Inclui microtransações no jogo.